Um blogue pessoal mas... transmissível

06
Mar 09

 

 

Tenho por hábito (acho que saudável, também) acompanhar algumas séries de culto transmitidas pela televisão nacional. Uma das minhas séries preferidas - "Irmãos e Irmãs" - entrou já na sua terceira temporada, tendo estreado no dia 30 de Janeiro na RTP2. Mais uma vez, é-nos dado a conhecer o dia-a-dia da família Walker, um clã repleto de segredos. Nesta terceira temporada, os poucos segredos que ainda restam começam a tornar-se cada vez mais frágeis no seio dos Walker: Rebecca (Emily Van Camp), a filha ilegítima de William Walker e Holly Harper (Patricia Wettig), e Justin (Dave Annable), o benjamim da família, tentam, sem sucesso, esconder os seus sentimentos um pelo outro, e os irmãos Walker montam um plano para encontrar o meio-irmão desaparecido, Ryan, sem que Nora (Sally Field), a matriarca da família, tenha conhecimento disso. Kitty (Calista Flockhart), a mais nova das irmãs, liga à família em busca de conforto e apoio, quando ela e o Senador Robert McCallister (Rob Lowe) iniciam o processo de adopção de uma criança, facto que coloca em risco o seu casamento. Quando Kevin (Matthew Rhys), o irmão gay, e Scotty (Luke Macfarlane) começam uma vida a dois, a carreira de Kevin é posta em risco por Tommy (Balthazar Getty), que o despede do cargo de advogado da empresa familiar, a Ojai Foods, como forma de cortar algumas despesas. Sarah (Rachel Griffiths) continua a conduzir os destinos da empresa, enquanto se intensifica o conflito entre Nora e Holly. Como fio condutor da história, Nora mantém-se firme no seu papel de matriarca, tentando gerir os dramas pessoais dos diversos membros da família. A não perder todas as sextas-feiras num televisor perto de si…


Aqui ficam os vídeos do pedido de casamento...

 

 

... e do casamento de Kevin e Scotty...

 

 

... e também o vídeo promocional da terceira temporada da série

 

 


02
Mar 09

 

 

Diz-se que o camarada Horácio subiu ao palco do congresso socialista para proclamar alto e bom som a seguinte declaração: "Nunca vi um cão acasalar com outro cão, um cavalo com um cavalo, um galo com um galo. Não contem comigo para destruir a família". Também nunca vi tamanha estupidez, camarada Horácio! Mas tal não é de estranhar. Direi que é o PS profundo contra os casamentos homossexuais, o PS que se distingue da casta sofisticada do aparelho socrático, o que aprende mais depressa a falar em "socratês", o que rejubila com os novos léxicos das tecnologias, das qualificações, dos progressismos… Não contente com essa declaração, parece que o senhor ainda teve tempo para completar o seu "raciocínio": "Querem casar com os do mesmo género?! E ainda dizem que nós é que somos os racionais, quando nem animais irracionais acasalam com os da mesma espécie". E eu que tenho a dizer ao camarada Horácio? Pois bem... Que o camarada anda mal informado e não vê os documentários sobre a vida animal no canal Odisseia e outros que tais. E direi mais, camarada: será precisamente por sermos animais racionais que algumas pessoas amam outras do mesmo género. Será isto irracional? Não, camarada Horácio. Irracional é o pensamento que suporta discurso tão ignorante como o seu…

 

publicado por Pensador Insuspeito às 17:41

17
Fev 09

 

Como era de esperar, o debate de ontem no programa "Prós e Contras" da RTP1 não trouxe nada de novo a respeito da discussão sobre o casamento homossexual. Os mesmos estafados argumentos, os mesmos tiques homofóbicos, as mesmas agressões verbais. A meu ver, o único mérito que estes debates podem ter é colocar na discussão pública um tema que obviamente passará ao lado da grande maioria dos portugueses. Porque a vida real, o país real é outra coisa. Existe, de facto, muita homofobia em Portugal e ela está objectivamente do lado do "não". E eu poderia dar aqui o meu testemunho de que essa homofobia é real e não é invenção de alguém que acordou de mal com o mundo e de repente se lembrou de lançar umas atoardas.

 

Quanto ao tema do casamento homossexual e para não repetir o que já disse aqui, apenas quero reforçar que numa sociedade demo-liberal se devem respeitar as minorias, neste caso a homossexual, e promover a igualdade de direitos, neste caso o acesso ao casamento civil. Porque ao fim e ao cabo é disso que trata. O que neste e noutros casos poderia ajudar na compreensão do problema era a formação básica em direito nas escolas, para que se acabe de vez com a promiscuidade existente entre os conceitos de casamento do ponto de vista civil e do ponto de vista religioso/sacramental. É simples alcançar estas diferenças e aceitar o que elas significam, mas foram séculos duma vincada mistura entre lei canónica e lei civil que dificulta agora o saudável distanciamento de ambos os conceitos e realidades. A questão fundamental é a seguinte: o tempo passa e as realidades subjacentes a cada tempo modificam-se, e o mesmo acontece para o paradigma de pensamento que corresponde a uma determinada época. Por diversas razões, torna-se obsoleto, e as modificações que se sucedem no entretanto, que, na maioria das vezes são desprezadas por serem contra corrente, acabam por se generalizar a tal ponto que é necessário arranjar-lhes um enquadramento jurídico de forma a defendê-las e a reconhecê-las em igualdade com as outras que existiam anteriormente, e continuarão a existir, sem que com isso haja confusão entre ambas. Uma coexistência pacífica é mais do que suficiente. Não será preciso grande capacidade intelectual nem qualquer competência especial para perceber isto. É preciso ser apenas politicamente incorrecto e contra ventos e marés afirmar o óbvio…

 


13
Fev 09

 

Ainda a respeito do casamento homossexual que José Sócrates se compromete a legalizar na próxima legislatura se vencer as eleições e depois de ler no DN que o aparelho do PS tem reservas quanto ao casamento gay, cheguei à conclusão que o PS é um partido bissexual. Senão vejamos. Quando é preciso ir buscar votos à esquerda apregoa o agravamento de impostos para os "ricos" e o casamento homossexual, e assim lá consegue mais uns quantos votos do PCP e do BE. Quando é preciso ir buscar votos à direita, liberaliza o Código de Trabalho e protege a banca e os seus negócios. Que me perdoem os bissexuais mas diria que o PS é um partido que dá para os dois lados… Apesar de já o ter feito aqui, quero repetir mais uma vez que os gays e lésbicas que pretenderem casar devem pensar em votar em partidos mais sérios…

 

publicado por Pensador Insuspeito às 10:35

11
Fev 09

 

A propósito da notícia do Público de que a "Igreja pode apelar ao voto contra partidos que apoiam casamento entre homossexuais", apeteceu-me colocar aqui este vídeo (sobre a foto que acompanha a notícia, alguém comentava o seguinte: "Na foto estão dois hipócritas: um que que não se assume mas quer que a sociedade aceite, e outro que quer que a sociedade repugne mas não se assume!" Eu não diria melhor!)

 

Porque afinal o amor deve ser para todos...

 

 

 

Bjorn Borg - Love for all

 

publicado por Pensador Insuspeito às 16:39
sinto-me:

20
Jan 09

Ontem, nas minhas deambulações nocturnas pela net e ao entrar num conhecido fórum de discussão sobre a actualidade, deparei-me com a questão inevitável do casamento homossexual, a propósito do compromisso (?) assumido por José Sócrates de avançar com o casamento entre pessoas do mesmo sexo na próxima legislatura. Perante a baixeza da linguagem e a pobreza dos argumentos, apeteceu-me logo escrevinhar uns pensamentos a propósito do assunto e que agora quero partilhar convosco.

 

1.º Nenhuma pessoa se deve sentir discriminada em função da sua orientação sexual. Por conseguinte, o casamento é um direito que deve ser garantido a qualquer cidadão, para que possa decidir em liberdade e responsabilidade o que fazer. Não é pelo facto de o casamento homossexual vir a ser legalizado que todos os gays e lésbicas se verão obrigados a casar. Por mim falo...

 

2.º Não vejo como a legalização do casamento homossexual possa ameaçar a família tradicional. De facto, não vejo como o casamento dos meus pais, que já passou dos 40 anos, possa ser afectado por isso. E também não vejo como um homem e uma mulher que se queiram casar possam deixar de o fazer pelo simples facto de o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo ser legal...

 

3.º Não compreendo nem aceito que se diga que o casamento homossexual contribui para a diminuição dos nascimentos e o progressivo extermínio da humanidade. Uniões homossexuais sempre as houve e haverá e se os casais heterossexuais não têm mais filhos é porque não podem ou não querem. Além disso, nenhum homossexual está impedido de procriar...

 

4.º Qualquer casamento civil, independentemente do sexo das pessoas que o contraem, é um simples contrato, com direitos e obrigações para ambas as partes, como qualquer outro contrato. Por isso, não entendo o stress provocado pelo nome que se deve atribuir ao instituto, quando se trata de pessoas do mesmo sexo. Já o matrimónio é outra coisa. É sacramento, pertence ao domínio da Igreja, e não é isso que está em causa.

 

Depois de todos os comentários que pude ler, começo a achar que Portugal merece estar na cauda da Europa. É que o último lugar assenta-lhe tão bem!


19
Jan 09

status quo

 

Ao apresentar domingo a moção que vai levar ao congresso do PS, José Sócrates garantiu que a consagração dos direitos de uma minoria social [a homossexual] representará a vitória de toda a sociedade portuguesa, porque se traduzirá em mais tolerância e dignidade individual. De acordo com o primeiro-ministro, o debate sobre os casamentos homossexuais será feito "em nome da liberdade, da igualdade e da dignidade individual e da luta contra todos os tipos de discriminação". Até aqui tudo bem. Mas afinal o que é que mudou desde o dia 10 de Outubro de 2008? Não será que a caça ao voto já começou? Pelo sim pelo não, recomendo a todos os gays e lésbicas que queiram casar que votem em partidos mais sérios...


Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pensamentos que aqui deixaram
Olá!Também entrei hoje oficialmente de férias!=)E ...
Hmmm...simplesmnete o tipo ve a sua realidade ameç...
Que vergonha...só agora reparei que estás de volta...
Boas férias...e boa música.
Não sei se posso dizer que sou um frequentador da ...
Pinguim, ainda bem que gostaste. O tema é aliciant...
Toby, realmente com mentes tão tortuosas só se pod...
J. Coelho, como disse na resposta ao comentário an...
João, claro que o engate é independente dos locais...
Gostei imenso do teu texto.Parabéns! Abraço.
Prémio "Felizes Juntos"
Create your own banner at mybannermaker.com!
A Minha Música


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

mais sobre mim
pesquisar
 
Participa Na Sondagem!
Qual a orientacao sexual de quem me visita?
Homem heterossexual
Mulher heterossexual
Gay
Lesbica
Bissexual
Nenhuma
Nao sabe
  
pollcode.com free polls
Suspeito Que Estão...
online
Suspeitos Que Por Aqui Passaram
Hit Counters
Free Hit Counters

Generated image
blogs SAPO