Um blogue pessoal mas... transmissível

13
Mar 09

 

1. Já estive às portas da morte uma vez. Verdade. Segundo rezam as crónicas, tinha eu apenas 2 meses de vida quando sofri uma intoxicação por inalação de fumo de uma lareira. Ao mesmo tempo, tive uma grave reacção alérgica a um medicamento que estava a tomar. Tudo junto resultou num "caldinho" que me levou às urgências de um hospital, no qual fui salvo in extremis contra todos os prognósticos médicos...

 

2. Sou um exímio cozinheiro e gosto de inventar receitas novas. Verdade. Em casa dos meus pais nunca aprendi a cozinhar mas desde que fiz um daqueles cursos de culinária para "totós" considero-me um bom cozinheiro. Pronto, confesso que exímio será um adjectivo um tanto exagerado mas acho que também tenho direito ao meu momento de glória... Por vezes, ainda me dá para experimentar receitas novas, o que nem sempre dá bom resultado. O pior é que quando me ponho a cozinhar, deixo a cozinha num estado que se assemelha muito a um campo de batalha...

 

3. Tenho medo das alturas. Verdade. Sofro de acrofobia (medo irracional de lugares altos). Só o facto de pensar num lugar alto causa-me suores frios. Em Paris, a muito custo subi a Torre Eiffel. Nunca subi à Torre dos Clérigos. E a lista poderia continuar... Para subir a um sítio alto, tenho de me sentir protegido por um parapeito ou qualquer artifício arquitectónico e nunca olhar para baixo na vertical. Até os meus piores pesadelos acabam invariavelmente numa grande queda de um sítio muito alto...

 

4. Tenho um piercing no mamilo esquerdo. Mentira. Efectivamente já pensei em fazer um piercing mas o medo de eventuais complicações falou sempre mais alto. Por outro lado, se numas alturas tenho perfeitamente decidido o sítio onde o quero fazer, noutras as dúvidas são mais que muitas. De qualquer maneira, é sempre uma possibilidade em aberto e pode ser que um dia destes acabem as indecisões e finalmente eu ganhe coragem para o fazer...

 

5. Sou adepto fervoroso do F. C. do Porto. Mentira. Não percebo nada de futebol, não consigo ver um jogo do princípio ao fim e incomodam-me muito a corrupção, a falta de vergonha e as tricas de comadres que todos os dias enchem as páginas dos jornais da especialidade. Se existe alguma verdade nesta afirmação é que nutro uma simpatia "bairrista" pelo "Fê-Quê-Pê". Mas fico-me por aí...

 

6. Pratiquei regularmente mergulho durante quatro anos. Verdade. Para quem nasceu e foi criado ao pé do mar, o elemento água sempre exerceu sobre mim um grande fascínio. Muitas vezes pensei em praticar um desporto relacionado com a água, até que num belo dia decidi que ia fazer mergulho. E assim foi. Inscrevi-me numa escola de mergulho e pratiquei esta actividade regularmente durante quatro anos. Devido a contingências várias, deixei de a praticar com a regularidade de outros tempos mas o "bichinho" ainda não morreu...

 

7. Já fiz voluntariado junto de doentes mentais. Verdade. Durante algum tempo fiz voluntariado numa clínica psiquiátrica. Um mundo completamente à parte, onde os "diferentes" somos nós. A princípio, estranha-se (muito) mas depois entranha-se. E entranha-se ao ponto de aquelas pessoas passarem a fazer parte de nós e das nossas vidas. Por razões profissionais, tive de abandonar o voluntariado. Mas está decidido. Assim que a minha vida pessoal e profissional se estabilizar definitivamente, vou retomar o voluntariado, não nos moldes em que o fazia, mas arriscando outras formas de o fazer.

 

8. Nunca cantei num karaoke. Verdade. Apesar de saber cantar (toda a gente diz que sim e eu concordo...), nunca me senti à vontade para cantar num karaoke, sobretudo se for em público. Talvez por não gostar de ser o centro das atenções e por ter um temperamento naturalmente reservado, sem queda para grandes espectáculos...

 

9. O meu primeiro relacionamento foi com uma mulher. Mentira. Fui muito precoce na percepção da minha homossexualidade mas nos verdes anos da adolescência foi algo a que não dei muita importância. Ainda assim, tive algumas "brincadeiras exploratórias" com um primo da minha idade, que até hoje é a única pessoa da família que conhece de facto a minha orientação sexual. Chegado à universidade, conheci o meu primeiro namorado, o R.. Não pensem que foi fácil lidar com os problemas acarretados pela nova situação, principalmente para alguém como eu que provém de uma família muito conservadora. Apesar da imaturidade emocional de ambos, conseguimos manter um relacionamento de cerca de 2 anos. Acabámos por nos separar e cada qual seguiu o seu caminho. Seguiu-se um período de "reclusão", entrecortado por algumas aventuras passageiras, sem qualquer tipo de significado ou consequências. Até que no ano passado o M. apareceu na minha vida e tudo mudou. O que inicialmente não passava de uma simples atracção física transformou-se num grande amor. O resto da história já é conhecido de todos...

 

P. S.: Desfeito o suspense e desvendadas as 6 verdades e as 3 mentiras, resta-me agradecer ao A... e ao Silvestre por terem sido os únicos corajosos a responder ao desafio. Não ganharam a torradeira mas ganharam com certeza a minha simpatia...

 

publicado por Pensador Insuspeito às 17:35

08
Mar 09

 

Achei este desafio, que me foi lançado pelo Guga, super-hiper-mega interessante (raios!... já pareço a Floribella a falar...). As regras são simples. Tenho apenas de dizer 9 coisas aleatórias a meu respeito, em que 6 delas são verdades e 3 são mentiras. Para quem costuma ler o que vou escrevendo por aqui, algumas são autênticas "borlas". Então, vamos lá.

 

1. Já estive às portas da morte uma vez;

 

2. Sou um exímio cozinheiro e gosto de inventar receitas novas;

 

3. Tenho medo das alturas;

 

4. Tenho um piercing no mamilo esquerdo;

 

5. Sou adepto fervoroso do F. C. do Porto;

 

6. Pratiquei regularmente mergulho durante quatro anos;

 

7. Já fiz voluntariado junto de doentes mentais;

 

8. Nunca cantei num karaoke;

 

9. O meu primeiro relacionamento foi com uma mulher.

 

Agora devia lançar o desafio a 9 pessoas. Não vou nomear ninguém em particular, porque a maior parte dos blogs que frequento já respondeu a este desafio. Quem ainda não respondeu e quiser responder, que avance. Entretanto, podem tentar adivinhar quais são as mentiras, que eu publicarei o resultado no final desta semana. Quem acertar nas 3 mentiras, ganha uma torradeira... loool

E agora deixem-me ir apanhar sol que o dia está bonito. Um bom fim-de-semana!
 

publicado por Pensador Insuspeito às 16:09
sinto-me: desafiado

 

Hoje tirei o dia para responder aos desafios que me têm sido deixados pelos amigos. Este foi-me lançado pelo Ray e Guga. Consiste em agarrar no primeiro livro que estiver à mão, abrir na página 161, procurar a quinta frase completa, colocar a frase no blog e indicar 5 amigos bloguistas para continuar a tarefa.

 

Ora, o primeiro livro que me veio à mão, e porque estou a redigir a tese de um mestrado, foi "Fundamentos de información y documentación", de José López Yepes. Uma leitura "levezinha", portanto, ideal para uma noite de insónia...

 

A quinta frase completa é a seguinte: "Junto a la denominación, el segundo elemento de nuestra demarcación es el definicional" (ainda bem que me saiu uma frase curtinha... uff... desta já me safei...).


E agora passo a nomear, não os 5 (as regras existem para serem quebradas...), mas os 3 felizes escolhidos para responder ao desafio, se o quiserem aceitar, é claro:

 

Blog do Silvestre

Eu por aqui... gay!

Refúgio

 

publicado por Pensador Insuspeito às 15:50
sinto-me: desafiado
tags:

03
Fev 09

 

Estava eu a dar uma vista de olhos à "concorrência blogueira" quando me deparo com mais um desafio, que desta vez me foi proposto pelo Guga. Em menos de um mês já é o terceiro desafio. Confesso que, embora não gostando deste tipo de correntes, até me sinto lisonjeado pelo facto de os amigos da blogosfera se lembrarem de mim. Este novo desafio reza assim:

 

"You've been tagged! I would like to know a little more about yourself :) Choose 16 random facts about you and then send it to 16 persons". E aqui vão os 16 factos aleatórios acerca da minha pessoa:

 

 

1. Sou de estatura média (não estou descontente, mas não me importava nada de ter mais uns 10 cm...);


2. Gosto dos meus olhos castanhos e das minhas orelhas "à mãe" (modéstia à parte, acho que são perfeitos);


3. Não gosto do meu nariz nem dos meus pés (se pudesse, trocava por outros);


4. Calço o 40, visto o M e o 40 (agora se me quiserem oferecer um presente já não têm a desculpa de não saberem o meu tamanho… loool);


5. Só calço meias pretas e só uso boxers tipo trunk;


6. Tenho o cabelo curto mas mudo frequentemente de corte (um dia destes, meto-lhe o pente 1 e está feito…);


7. Faço depilação completa de 3 em 3 meses (eu sei que é uma tortura mas acreditem que é mais estético e além disso mais higiénico... é claro que se exceptua o pêlo dos órgãos genitais que apenas aparo… depilar? não queriam mais nada!!!);


8. Tenho dois tipos de pele, um moreno e outro a puxar mais para o claro (acreditem… e imaginem a saga que é no verão para adquirir um tom de bronzeado uniforme…);


9. Não gosto de olhar para o relógio mas não consigo sair de casa sem um (é como se fosse nu…);


10. Nunca gostei de usar correntes ao pescoço mas desde que o M. me presenteou com uma no dia dos meus anos nunca mais a larguei;


11. Sou muito vaidoso e, quando posso, perco muito tempo a arranjar-me (quando não posso, ainda arranjo um tempinho para tratar dos últimos pormenores quando chego ao trabalho…);


12. Sou bastante metódico e organizado mas nunca sei onde ponho a chave do carro ou o maço de tabaco…;


13. Sou muito bom a fixar caras, nomes e situações e uma conversa em surdina nunca me escapa (já me disseram que tenho ouvidos de tísico…);


14. Gosto muito de ouvir elogios mas prefiro que não mos façam porque fico envergonhado e sem palavras (que raio de contradição!...);


13. Gosto bastante de dormir mas não consigo adormecer se tiver algum tipo de luz no quarto (então se for verde, não consigo mesmo…);


14. Faço todas as tarefas domésticas mas não me peçam para lavar a louça (grrrrr… detesto mesmo).
 

15. Sou incapaz de dizer que "não" quando me pedem alguma coisa com jeito mas já não gosto que o façam com insistência (será que para evitar este tipo de situações acabo por fazer sempre o que me pedem?);


16. Gosto muito de ter uma conversa inteligente com as pessoas certas mas considero-me melhor ouvinte e sei guardar segredos e confidências.

 

E não vou nomear ninguém para responder a este desafio. Deixo à consideração dos visitantes suspeitos que por aqui passarem. Se o quiserem aceitar e se se sentirem estimulados a responder, tanto melhor...

 

publicado por Pensador Insuspeito às 23:08
sinto-me: desafiado
tags:

22
Jan 09

 

E não é que me lançaram outro desafio! Desta vez foi o Ray. A menos de duas semanas de este blog ter sido inaugurado, direi que isto promete...

 

Este desafio é bem interessante, pois consiste em avaliarmos a nossa pessoa na sua relação com os sete pecados mortais. É uma espécie de introspecção...

 

As regras do desafio são muito simples:

    o Revelar a nossa relação com os pecados capitais;
    o Nomear outros oito blogs para responder ao desafio.

 

E agora aqui vai a resposta, que se faz tarde:

 

Gula: Já teve o seu tempo. Hoje nem por isso. Impus a mim próprio regras muito severas a esse respeito. E quando me excedo (porque todos temos os nossos dias de excessos), digo a mim próprio: "Comeste. Pois agora vais ter de sofrer!". E toca a castigar o corpinho no ginásio...

 

Avareza: Por este não vou parar às "profundas" do Inferno. Não vou mesmo! Gosto mais de dar do que de receber. E se pudesse dava muito mais. E ainda tenho os meus delírios consumistas. Mas só de vez em quando!

 

Inveja: Não, não sou invejoso. E se por vezes sinto uma pontinha de inveja é quando vejo um gajo a passar com o carro dos meus sonhos. Sim, é verdade, gosto de carros e não queria ter apenas um carro melhor, queria ter "aquele carro". Mas passa-me depressa... e se o dito cujo for a 180 km/hora ainda me passa mais depressa...

 

Ira: Só quando estou à beira de um ataque de nervos... e só quando nada, mas mesmo nada, na minha vida parece correr bem...

 

Soberba/Orgulho: Ora aqui está outro que não me levará ao Inferno! Não sou nada orgulhoso. Tenho apenas o meu amor próprio, às vezes bem fraco por sinal... Acho que o orgulho é um sentimento muito negativo que só puxa para baixo...

 

Luxúria: Já tive dias piores... ou melhores. Depende das perspectivas. Quando estou numa relação sou mais fiel do que um pastor alemão mas quando estou fora tenho de me fazer à vida...

 

Preguiça: Por vezes este possui-me com toda a força. É que o dolce fare niente sabe tão bem! Acreditem!...

 

E os nomeados para responder ao desafio, se o aceitarem, são apenas dois:

 

Refúgio

 

Uma Imensa Minoria

 

publicado por Pensador Insuspeito às 23:01
tags:

15
Jan 09

Fui desafiado pelo Guga a compor uma lista de 8 coisas que desejava ver concretizadas ao longo deste ano. Confesso que não sou grande apologista destas correntes mas desafio é desafio e eu não gosto de desapontar os amigos, mesmo que virtuais...

 

Antes de mais, convém explicar os passos a seguir neste desafio:

 

1. Pensar e fazer uma lista com 8 coisas que sonho fazer ou que gostaria que se concretizassem neste ano de 2009;
2. Convidar 8 bloguistas a responder ao mesmo;
3. Comentar no blog de quem partiu o desafio;
4. Comentar no blog de quem desafiamos;
5. Mencionar as regras.

 
Aqui vão as 8 coisas que sonho ver realizadas ao longo de 2009, sem qualquer ordem de preferência pois todas elas são igualmente importantes para mim:

 

1. Continuar a ter saúde (é o desejo mais formulado nestas ocasiões mas não custa nada reforçar);

 

2. Amar e ser amado (se não puder ser com o M., então que encontre finalmente o grande amor da minha vida... fod*-se, já vai sendo tempo!);

 

3. Concluir o mestrado e arranjar novo emprego (a ver vamos...);

 

4. Aprender a gostar mais de mim (às vezes temos de ser narcisistas...);

 

5. Ser feliz (sonho tão simples e ao mesmo tempo tão díficil de concretizar...);

 

6. Fazer novos amigos (já comecei...);

 

7. Receber um prémio qualquer (pode ser o Euromilhões) ou uma herança inesperada (não haverá por aí uma tia solteirona e ricaça que eu desconheça?) para concretizar todos os sonhos que não estão nesta lista;

 

8. Fazer coisas que nunca fiz e nunca pensei fazer (suspeito que 2009 vai ser um ano de grandes mudanças!...).

 

E sendo novo nestas andanças não vou cumprir o segundo passo deste desafio e fazer o convite a alguns bloguistas que gosto de ler, porque a maior parte já foi desafiada a responder e não quero correr o risco de acharem que não tenho mais nada que fazer...

publicado por Pensador Insuspeito às 23:39

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


subscrever feeds
pensamentos que aqui deixaram
Olá!Também entrei hoje oficialmente de férias!=)E ...
Hmmm...simplesmnete o tipo ve a sua realidade ameç...
Que vergonha...só agora reparei que estás de volta...
Boas férias...e boa música.
Não sei se posso dizer que sou um frequentador da ...
Pinguim, ainda bem que gostaste. O tema é aliciant...
Toby, realmente com mentes tão tortuosas só se pod...
J. Coelho, como disse na resposta ao comentário an...
João, claro que o engate é independente dos locais...
Gostei imenso do teu texto.Parabéns! Abraço.
subscrever feeds
Prémio "Felizes Juntos"
Create your own banner at mybannermaker.com!
A Minha Música


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

mais sobre mim
pesquisar
 
Participa Na Sondagem!
Qual a orientacao sexual de quem me visita?
Homem heterossexual
Mulher heterossexual
Gay
Lesbica
Bissexual
Nenhuma
Nao sabe
  
pollcode.com free polls
Suspeito Que Estão...
online
Suspeitos Que Por Aqui Passaram
Hit Counters
Free Hit Counters

Generated image
blogs SAPO